FitEscola | O impacto da participação desportiva na vida adulta
18139
post-template-default,single,single-post,postid-18139,single-format-standard,do-etfw,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-6.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

08 Mai O impacto da participação desportiva na vida adulta

Crianças que participem em modalidades desportivas têm maior probabilidade de serem ativas quando se tornam adultos. [ler mais]

Existem vários fatores que influenciam o comportamento das crianças para a atividade física. Entre eles surgem, por exemplo, fatores contextuais, como a disponibilidade de espaços lúdicos para incentivar atividades livres, não organizadas, ou, então, a oferta de atividades estruturadas onde se pode incluir a prática de modalidades desportivas. O envolvimento neste tipo de atividades pode ser associado a vantagens a curto e a longo prazo. A curto prazo, as crianças que praticam desporto têm oportunidade de acumular mais tempo em comportamentos ativos e atingirem as recomendações diárias para a atividade física. A longo prazo, a prática de atividade física, em criança, pode também influenciar os comportamentos para a atividade física durante a vida adulta. Foram propostas duas explicações para este fenómeno:

1 – Os hábitos para a atividade física durante a infância “moldam” as preferências durante a vida adulta;
2 – A prática de modalidades desportivas em criança favorece o desenvolvimento de competências motoras o que facilita a prática de atividade física durante a vida adulta.