FitEscola | Baixo consumo de frutas e vegetais: um importante fator de risco para a mortalidade global
18326
single,single-post,postid-18326,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-6.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive
Boy eating vegetables

11 Mai Baixo consumo de frutas e vegetais: um importante fator de risco para a mortalidade global

O baixo consumo de frutas e vegetais é um dos dez fatores de risco para a mortalidade global e está relacionado com o aumento do risco de doenças cardiovasculares, diabetes e cancro, segundo a Organização Mundial de Saúde. Em 2010, o consumo inadequado de frutas e vegetais contribuiu, respetivamente, para 4,9 e 1,8 milhões de mortes em todo o mundo . [ler mais]

As crianças e adolescentes dos países da Europa Ocidental não atingem as recomendações para a ingestão de frutas e vegetais. Sabe-se que o  consumo destes alimentos tende a diminuir com a idade, principalmente dos 11 para os 15 anos, razão pela qual os adolescentes são um grupo-alvo importante para se intervir, embora representem um grande desafio, tendo em conta as alterações psicológicas, físicas e sociais que este período de vida abarca.

A disponibilidade e a acessibilidade das frutas e vegetais estão associadas ao consumo mais elevado destes alimentos entre crianças e adolescentes. Assim, recomenda-se que:
1- Sejam desenvolvidas e implementadas estratégias de promoção do consumo de frutas e vegetais nas escolas (uma das estratégias mais promissoras);
2- A presença de frutas e vegetais nos bares da escola aumente, podendo estes alimentos serem incluídos nos lanches, por exemplo (uma das estratégias mais promissoras);
3- Sejam desenvolvidas sessões de sensibilização para encarregados de educação sobre a importância do consumo de frutas e vegetais para a saúde das crianças e adolescentes, no sentido do consumo destes alimentos ser promovido em casa (estratégia que parece ter menos impacto).document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);