FitEscola | A Educação Física usa procedimentos validados para facilitar o ensino e desenvolvimento de competências para uma vida saudável
17815
post-template-default,single,single-post,postid-17815,single-format-standard,do-etfw,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-6.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.3.5,vc_responsive

30 Abr A Educação Física usa procedimentos validados para facilitar o ensino e desenvolvimento de competências para uma vida saudável

A Educação Física possibilita às crianças e adolescentes desenvolverem competências para um estilo de vida saudável através da aplicação de testes de aptidão física. [ler mais]

Existem vários testes de aptidão física que foram desenvolvidos e adaptados para serem aplicados no contexto da aula de Educação Física. Estes incluem, por exemplo, a medição de pregas corporais ou o teste de vaivém, e têm como objetivo substituir avaliações que, idealmente, teriam de ser conduzidas em laboratório, com procedimentos mais elaborados e instrumentos dispendiosos. Estes testes são usados em vários países para que os alunos de Educação Física possam “experienciar” o conceito de cada uma das dimensões de fitness e aprendam acerca da sua relação com um estilo de vida saudável. Este processo de aprendizagem implica que, tanto os testes como a informação de resultados obtidos, reflitam as capacidades do aluno e a respetiva relação com indicadores importantes de saúde.

O Instituto de Medicina Americano elaborou recentemente um relatório onde identifica as principais aplicações destes testes em associação com a informação de resultados obtidos:

1 – Auto monitorização da aptidão física e os riscos para a saúde que lhe estão associados;
2 – Definição de objetivos que visam um estilo de vida saudável;
3 – Desenvolvimento de estratégias para adoção de comportamentos saudáveis a longo prazo;
4 – Informação sobre as resoluções para o ensino da Educação Física.